Que você adora pasta de amendoim, isso a gente já imagina. É difícil resistir à doçura e à cremosidade dessa delícia, ainda mais depois que o alimento virou tão popular entre os adeptos do estilo de vida saudável e tantas opções diferentes começaram a aparecer no mercado. Entretanto, para que se possa aproveitar todos os benefícios dessa delícia, é muito importante escolher o produto com ingredientes e formulação mais puros e nutritivos possível.

Já que as famosas pastas caíram (literalmente!) na boca do povo, preparamos um especial de perguntas e respostas com a nossa nutricionista para você aproveitar ainda mais cada colherada. Anote as dicas!

 

  • Por que a pasta de amendoim se tornou uma queridinha no mundo da alimentação saudável?

A pasta de amendoim é um produto muito nutritivo e acessível.

Contém todos os nutrientes do amendoim torrado e existem diversos tipos, com adição de açúcares, sem lactose, 100% integral, vegana, com cacau, etc.

Com essa versatilidade, os estudos têm mostrado os benefícios da inclusão do consumo do amendoim na dieta, e a pasta de amendoim pode ser uma das suas boas opções de consumo.

 

  • Quais os seus principais benefícios?

R: A pasta de amendoim é mais uma forma de inclusão da leguminosa na dieta. Sendo assim, outra fonte para obter os nutrientes do amendoim. A potencial capacidade energética, sendo uma grande fonte de gordura boa, o que promove aumento das taxas de HDL (colesterol bom); fonte de ômega-3, vitaminas E e do complexo B, sais minerais como magnésio, selênio, potássio, cálcio e ferro. Além de ser também, boa fonte proteica.                                             

  • O que é a gordura “boa” que encontramos na pasta de amendoim?
    R:
    São as ácidos graxos monoinsaturados e o ômega-3, identificados por ser gordura boa pois auxiliam na oxidação, captando o colesterol “ruim” (LDL) através do fígado, elevando as taxas do HDL, e o ômega-3 é essencial para a redução dos triglicérides na corrente sanguínea juntamente da pressão arterial, participa também da renovação celular, junto do ômega-6, prevenindo o envelhecimento. Tudo de bom, né?

 

  • É melhor consumir a pasta antes ou depois do treino?

R: O consumo da pasta de amendoim deve ser indicado pelo nutricionista, já que ele irá calcular a dieta de forma individual e de acordo com o objetivo do paciente. A pasta de amendoim poder ser uma aliada em diversos momentos do dia.

 

  • Quais as formas que posso consumir com a pasta de amendoim sendo um ingrediente?

R: A pasta de amendoim é bem flexível e cabe em diversas receitas, tornando-as saborosas e nutritivas. Um exemplo é o já famoso pão (prefira os integrais) com pasta de amendoim. Cookies, bolos, panquecas recheadas, bolinhos, crepiocas, tapiocas, biscoitos, sorvetes, cheesecakes, tortas, bownies... Há uma infinidade de combinações possíveis. Com frutas e iogurtes pode ficar ainda mais nutritivo, pois agrega carboidratos e proteínas à refeição.
Viu como ela pode ser incluída em diversos momentos do dia e de formas diferentes?

 

  • Em relação aos nutrientes e benefícios, faz diferença comer a pasta de amendoim ao invés do próprio amendoim? Se sim, porque?

R: Antes de pensar em consumir, o importante é pensar em olhar o rótulo do produto. Sempre! Pois existem diversas opções no mercado. Evitar os produtos com adição de açúcares e gorduras hidrogenadas é o principal. Escolher produtos mais puros e naturais é a melhor opção para adquirir o melhor dos nutrientes do amendoim, sem outras adições de componentes industrializados e processados.

 

Laura Stabile - Comunicação e Marketing Monama / Nathalia Prado – Nutricionista Monama (CRN3: 44880)